R.I.P. – Rico Rodriguez

Posted in 2 Tone, Instrumental, RIP, Roots, Ska with tags , , , , , , , on 07/09/2015 by andremod

11954788_1050136871686846_3938510421049283215_nFaleceu na ultima sexta-feira (04 de setembro,) em um hospital de Londres, o musico radicado na Jamaica, Rico Rodriguez. “Rico” (ou Emmanuel Rodriguez) nasceu em 1934 na cidade de Havana (Cuba) e se mudou com a família DSC00560para a Jamaica ainda criança, cresceu em Kingston e foi estudar na famosa Alpha Boys School, uma instituição liderada por freiras católicas em Kingston, que era frequentada por crianças de mulheres solteiras que não poderia dar atenção suficiente aos seus filhos, lá ficou amigo do mestre Don Drummond, que o ensinou a tocar trombone. Entre 1954 e 1957 Rico continuou com a sua educação musical na Stoney Hill Music School, neste período os trombonistas mais populares eram, JJ Johnson e Kai Winding, que se tornariam suas influencias musicais. Foi também nesse tempo que aconteceu seus primeiros trabalhos como musico dentro de um estúdio, Rico participou na primeira sessão de Coxsone Dodd em 1956, quando gravaram com o grupo “Clue J And The Blues Blasters” (youtube), entre muitas canções, a polular “Easy Snappin” (youtube)

11953220_1621423971468805_4343974790770345044_n

Ainda década de 50, com influencia do percussionista “Count Ossie“, Rodriguez se tornou Rastafári, e no inicio dos anos 60 muda-se para o Reino Unido e começou a tocar em algumas bandas jamaicanas, como seu nome já era bem 11960273_1621424328135436_5345038362692330843_nconhecido no meio das comunidades jamaicanas situadas em Londres , seus discos não demoraram para alcançaram o mercado de música feitos para os imigrantes das Índias Ocidentais, ganhando também a cena dos Clubes locais, onde se apresentou com Georgie Fame’s Blue Flames, e gravou com Emil Shallitt & Siggy Jackson (Melodisc/Blue Beat),s seus solos fantásticos resultaram em gravaçãos com Laurel Aitken (Daniel Saw The Stone” – youtube) e Prince Buster (“Barrister Pardon” – youtube 01 / youtube 02). No final da década 60 vários discos foram liberados pelos selos Trojan Records e Pama, com o seu nome como artista destaque, mas só isso não era suficiente para ganhar a vida, empregos informais na linha de produção era o que lhe dava sustentabilidade a sua vida, apesar de tudo isso ainda formou o grupo Rico and the Rudies e gravou os álbuns: “Blow Your Horn” & “Cat Brixton. Na decada de 70 entrou para a gravadora Island Records, onde gravou o álbum, “Man from Wareika“, um marco na música instrumental jamaicana, criando uma nova relação entre o Reggae e o Jazz, esse destaque ganhou lançamento pelo famoso selo de jazz, Blue Note nos EUA. No final de 1970, com o inicio do punk e o resgate da musica jamaicana pela juventude britânica, nasce a cena 2 Tone, e seu gênero musical que deu novo gás ao já esquecido ritmo Ska, os portas vozes dessa geração era a banda The Specials, que convidou Rico para participar de uma re-gravação da musica “Rudy, A message to you”, originalmente do musico “Dandy Livingston” em 1968. (youtube).

Em 1995, a Island Records lançou o álbum “Roots to the Bone“, uma versão atualizada do trabalho, Man from Wareika.  De 1996, entre outros compromissos, ele tocava com “Jools Holland ‘s Rhythm and Blues Orchestra” e também se apresentou em vários Festivais de Ska por toda a Europa com sua banda.  Aposentou-se de todas as suas atividades em 2012. Em 2007 ele foi premiado com um MBE (Membro da Ordem do Império Britânico) no Palácio de Buckingham, por seus serviços prestados à música e em 2012 ele foi premiado com a Musgrave Medal pelo Institute of Jamaica, em reconhecimento da sua contribuição para a música jamaicana.

Em 21 de setembro de 2013 ele se apresentou no Brasil, na cidade de São Paulo, fazendo shows no CCSP – Centro Cultural São Paulo na Sala Adoniran Barbosa, evento esse que teve entrada franca!

Anúncios

Lançamento – This is England ’90 (2015)

Posted in Lançamentos, Skinhead, Televisão with tags , , , , , , , on 08/08/2015 by andremod

11009976_1092322240797886_6683784992034216403_nTendo como estreia ainda o ano de 2015, a última temporada de This Is England ganha seu primeiro trailer. Esta é mais uma versão para a tv do filme lançado nos cinemas em 2006, com o mesmo nome. Cada temporada da série pode ser identificada pelo ano em que a história é situada: This Is England ’86, This Is England ’88 e agora This Is England ’90, que estava prevista para estrear em 2012, mas sua produção atrasou em função dos compromissos de Shane Meadows com outros projetos. A série conta a história de uma família e de uma turma de amigos, narrada pelo ponto de vista de Shaun (Thomas Turgoose), um adolescente que mergulhou na cultura Skinhead do fim dos anos 70 e inicio dos 80. Na terceira e última temporada (da serie – sem contar o filme), e tem como protagonistas Shaun, Kelly (Chanel Creswell, de Trollied), Trev (Danielle Watson) e Gadget (Andrew Ellis), que agora estão ligados e empolgados com o cenário musical eletrônico que explode no inicio dos anos 90. Enquanto isso, Woody (Joe Gilgun, de Misfits) e Milky (Andrew Shim) abrem uma loja de motos; e Combo (Stephen Graham, de Boardwalk Empire, Parade’s End) é libertado da prisão após cumprir pena pela morte de Mick (Johnny Harris, de The Fades, Fortitude), vista na primeira temporada.

As filmagens já tiveram início na cidade de Sheffield com direção e roteiro de Meadows, em parceria com Jack Thorne e produção da The Warp Films.

Mais informações na pagina do facebook – AQUI

Curiosidades – Coffee Bar Culture

Posted in Curiosidades, Mod, Rocker with tags , , , on 15/07/2015 by andremod

149068_108974665967587_522553386_nCoffee Bar: criados nas decadas de 50 e 60, tiveram vital importancia para a cena jovem britanica, e deu origem a um fenomeno posterior: o “Coffee Bar Culture“. Essa “febre” teve inicio nos anos 50, onde esses locais se tornariam os principais pontos de encontro desses jovens, vide sua menor idade, os mesmo não podiam frequentar os Pubs e Clubes da época, e nestes Cafés além de não ter essa restrição, eles tambem tinham sempre uma Juke Box e o acesso as musicas que pouquissimas radios locais executavam, assim com o passar do tempo esses locais abriram espaços para música ao vivo, sendo os pioneiros a investir no estilo “Skiffle”, que nada mais era que um Jazz/Blues Britanico, de grupos de que tocavam nas esquinas e que agoram tinha um local de mais visibilidade, esse estilo influenciaria o que ficou conhecido depois como “British Rock n´ Roll”. Esses Coffee Bars tiveram origem em Londres e se proliferaram por todo o Reino Unido, com influencia nos “Coffee Houses” dos EUA, que sempre tinham na musica Folk seu cartão de visitas, o que começou com produtos caseiros, com o tempo esses ganharam instalações de máquinas de café espresso italiano, dando uma imagem inovadora aos bares do Pós-Guerra, que naquela época ainda tinha uma parecia frequentemente tediosa e careta. 936168_123155574549496_1924529978_n Os adolescentes britanicos encontraram nestes Cafés locais onde poderiam se exibir atraves da moda que cada dia ditava mais o estilo de vida, ouvir musica e dançar, e a facilidade por ter um serviço barato e sem restrições de idade legal, onde as Escolas e a Igreja não colocavam limites aos frequentadores, pois ambas as instituições controlavam os Clubes e Pubs da época, como braços da lei britanica, tendo sempre “olheiros” por perto. Algo importante a notar foi que com o passar dos anos os Cafés ganharam seu proprio estilo atraves dos nomes, decoração e até a musica que era apresentada, em Liverpool, por exemplo, tinha seu próprio Café Bar que foi associada a si como a cena “avant garde” da musica, por revelar as primeiras bandas importantes do Rock Britanico, como Beatles e Rolling Stones, o Jacaranda Club na Slater Street começou suas atividades como um Café Bar e foi onde os primeiros shows dos Beatles aconteceram, assim como no Zodiac Coffee Bar na Duke Street, onde se apresentava a cantora Cilla Black. Mona Best, mãe de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, se apresentava no Casbah Coffee Bar em 1959, que nada mais era que o antigo sótão da sua casa, lá tambem aconteceu alguns pequenos shows do grupo “Quarrymen”, que tinha na sua formação John Lennon, Paul Mccartney e George Harrison. 11209493_10153440730337920_2372506630288522745_n Nos anos 60 esse cafés se tornariam KG´s de alguns grupos da subcultura britanica, como os Mods, Rockers e posteriormente os Skinheads, como locais de ponto de encontro para antes de alguma festa em clubes ou mesmo na casa de alguem, esses locais ficaram tão marcados que não poderiam ser frequentados pelo grupo rival e isso se seguiu por anos e até mesmo mais de uma decada. Atualmente esses locais tem grande procura e visitação por aqueles mais saudosos dos tempos aureos e mesmo aqueles que buscam estar presentes de alguma forma no passado do qual não tiveram chance de contato!

Northern Soul – The Movie (2014)

Posted in Filmes, Northern Soul with tags , , , , , on 09/07/2015 by andremod

ns_quadNorthern Soul: filme produzido em 2014 e dirigido por Elaine Constantine. O filme conta a historia de dois adolecentes de Lancashire, Matt e John, que se tornam amigos por conta da musica e cujas vidas são mudadas para sempre pela descoberta da Soul Music e a cultura da dança que cresceu na Grã-Bretanha, que ficou conhecida como “Northern Soul“.
Sinopse: A historia se passa no ano de 1964 na cidade de Lancashire, que mostra os amigos Matt e John e o sonho de deixar para trás a vida nos clubes de jovens e o trabalho nas linhas de produção, para viajar para os EUA, para conhecer a fundo o Soul que eles só conhecem através dos “discos 45s” e assim se estabelecer como Djs de Northern Soul, porem as drogas e o lado obscuro da cena vai testa suas amizades até o limite.

Site Oficial – AQUI

Elenco:
Josh Whitehouse (Matt)
Elliot James Langridge (John)
Antonia Thomas (Angela)
Steve Coogan (Mr. Banks)
James Lance (Ray Henderson)
Christian McKay (Dad)
Lisa Stansfield (Mum)

Download (Formato MP4 / Dublado em Português) – Assista no Youtube

Reggae Session | Domingo Recaggae – Adubando o Pinhão feat. Jeru Banto (2015)

Posted in Evento, Festa with tags , , , , , , , , , , , on 09/07/2015 by andremod

11659388_1600803596864176_3909601934132500415_nFim de semana com dose dupla de musica jamaicana, pra ninguém ficar de fora dos bons sons, veja os eventos:

Sábado (11/07) a partir das 15h, na La Chiviteria (Rua Jaime Reis, 598 – próximo as Ruinas de São Francisco) acontece mais uma edição do evento “Reggae Session”, que contara com vários seletores: Black Adam SS, Uhuru Selector (Caê Traven) e André Mod (Coletivo Cwblacks) e dois sistemas de Som: Sistema de som Araucária e Leões do Gueto Sistema De Som. A entrada é Free, veja mais informações no EVENTO

Facebook: Black Adam SS | Uhuru Selector | Coletivo Cwblacks | Sistema de som Araucária | Leões do Gueto Sistema De Som

Domingo (12/07) teremos um big evento que já é bem conhecido na cidade, o projeto Domingo Recareggae, que nesta edição especial além da família Adubando o Pinhão, vai ter um convidado de porte, diretamente do Rio de Janeiro, Jeru Banton da Digital Dubs, a fera do Sound System nacional fará a estréia do novo local do evento, com direito a muitas caixas de som e muita pancada sonora. Veja mais informações de como chegar ao local e valores no EVENTO

Facebook: Domingo Recareggae | Adubando o Pinhão | Jeru Banton

 

Faichecleres Show 10 anos do disco “Indecente. Imoral e Sem Vergonha” (Espaço Cult – 2015)

Posted in Evento, Festa, Show with tags , , , , , , on 30/06/2015 by andremod

11657513_839705722744201_1297460238_nFaichecleres: Uma das banda mais importantes a cena Rock  Paranaense está de volta para um show único e inédito, para comemorar o disco “Indecente. Imoral e Sem Vergonha”, que esta completando 10 anos de seu lançamento, e que foi muito festejado e elogiado quando saiu, e hoje é um clássico indispensável para quem gosta do Rock feito sem frescura! A festa acontece no próximo sábado (04/07 – 22h) no Espaço Cult (Rua Doutor Claudino dos Santos, 72), no coração do Largo da Ordem, e também vai contar com o show de abertura da banda “Os Savages” (Facebook) e a discotecagem 100% vinil do “Coletivo Cwblacks” (Facebook)

Entrada:
Primeiro Lote: Esgotado
Segundo Lote: 40 reais

Pontos de Venda:
Rock Music Wear (Shopping Metropolitan / Rua Emiliano Perneta) / Tel: (41) 3324-0669
Estudio Tnt (Galeria Pinheiro Lima) / Tel: (41) 3013-6109
Lado B Bar (Av. Inácio Lustosa, 517) / Tel: (41) 3233-9496
Venda Online – Ticket Brasil (Site)

Evento / Facebook

Festa Beat Surrender (92 Graus Pub – 2015)

Posted in 2 Tone, Beat, Evento, Festa, Garage, Mod, Mod Brasil, Mod Revival, R&B, Show, Ska, Soul with tags , , , , , , , , , , , , , , , on 21/06/2015 by andremod

11535793_1590249311252938_3165347327123532396_n (1)A primeira edição da festa Beat Surrender, nasceu para unir estilos musicais britanicos como: Beat, Mod Revival & Ska Two Tone, assim como outros estilos de fora que fizeram a cabeça dos britanicos como Soul, R&B & Garage. Neste ideal chegamos com com a equipe do Coletivo Cwblacks (100% vinil) agitando a pista e aquecendo o palco para o rock e os classicos da Relespública, e um encontro especial da banda King´s Tone, mandando classicos da musica jamaicana e do ska punk dos anos 70. Não tem como ficar de fora, chega:

Onde: 92 Graus The Underground Pub
Endereço: Av. Manoel Ribas, 108
Referencia: proximo ao bar VU – em frente ao prédio da Telepar
Data: 27.06 (sábado)
Inicio: 22h
Entrada: $10 até meia noite, após $15
Evento – Facebook
SALVE 92º – Facebook

Esse evento faz parte da mobilização “SALVE 92º”, que procura ajudar a manter viva a Meca da Musica Independente e Underground do Brasil, que no momento passar por algumas dificuldade que podem levar ao fechamento do espaço onde já abrigou milhares de bandas super importantes e deu oportunidade para outras milhares, por isso esperamos que todos possam comparecer e ajudar, porque toda a renda do evento sera revertida para esta causa. Mas existem outras formas de ajudar, quem quiser mais informações e participar efetivamente pode entrar no grupo de mesmo nome. Aqui vocês vão ver quem está ajudando e como fazer parte desta luta!