Archive for the Early Reggae Category

Adubando o Pinhão – Aniversário de Curitiba (2015)

Posted in Dub, Early Reggae, Evento, Reggae, Rocksteady, Roots with tags , , , , , , , , , , on 25/03/2015 by andremod

11081496_953468731331127_8694445679017792047_nNeste Domingo (Dia 29/03 – a partir das 11hrs) a família Adubando o Pinhão e o Sistema de som Araucária estará celebrando o aniversário de Curitiba na Praça do Redentor (ao lado da pista de skate do Gaúcho – Cemiterio Municipal) com muita musica jamaicana diretamente do vinil, com vários amigos convidados pra agregar as pick-ups. Todos são bem vindos para se unir a nós e comemorar o aniversário da cidade com muita dança! Esperamos todos vocês lá! BIG UP!

Evento / Facebook
Adubando o Pinhão / Facebook
Sistema de Som Araucária / Facebook
Coletivo Cwblacks / Facebook
Re-Born Sound / Facebook
Apoio: Fundação Cultural de Curitiba

Carl Dawkins – 1967 a 2013 (Coletâneas Especial A Cena – 2015)

Posted in Coletâneas, Coletâneas A Cena, Early Reggae, Reggae, Rocksteady, Roots with tags , , , , , , , on 25/01/2015 by andremod

CARLJunto com nomes como Bob Marley, Slim Smith, Alton Ellis, entre outros, Carl Dawkins é um dos maiores expoentes da velha escola da música jamaicana¹ Para ele, o contato com a música se iniciou muito cedo, filho de baterista e criado em Allman Town, no leste de Kingston, Dawkins sempre esteve presente na cena musical da ilha durante o final dos anos 60, junto com ícones como Ken Boothe e The Wailers. Conhecido pelo hit de 1969/70, “Satisfaction”, produzido por JJ Johnson, e que vendeu extraordinárias 80.000 cópias! Carl Dawkins gravou canções que transitam entre o Rocksteady e o Roots. Sendo o primeiro músico a conciliar o reggae com a religião Rastafari, Carl influenciou grande parte da cena musical no início dos anos 70 e seu nome passou a ser referência no reggae. Produzido pelo gênio Lee “Scratch” Perry, teve algumas de suas canções creditadas para “Carl Dawkins & The Wailers”, onde dividiu o microfone com ninguém menos que Bob Marley e Peter Tosh! Aqui temos muitas de suas canções que vão do período de 1967 até 2013, são 37 musicas que pegam desde seu inicio de carreira, na segunda metade dos anos 60 até os dias atuais – boa curtição:

Musicas:
01. All of a sudden
02. Baby I love you
03. Hard Time
04. Hot and Sticky
05. Running shoes
06. Hep Time
07. I´ll make it up
08. One door
09. Hard to handle
10. Rodney´s History
11. Satisfaction
12. Don´t get weary
13. Get together
14. True love
15. I feel good
16. Picture on the wall
17. Walk a little prouder
18. Cloud nine
19. Witchcraft
20. Warm and tender love
21. Pluggy Brown
22. Fire Burning
23. Mothers song
24. Bumpity road
25. Luv is needed
26. This land
27. Ethiopia unconquerable land
28. Back-a-Yard
29. Rhythm of my heart
30. The love we had
31. Granulated sugar
32. Witness
33. Love is like fire
34. Love you tonight
35. Life table
36. Living for the city
37. Satisfaction (Alternative Take)

Download

The Kingstonians – Sufferer (1970)

Posted in Early Reggae, Reggae, Rocksteady with tags , , , , , , on 16/09/2014 by andremod

CAPAO trio vocal jamaicano The Kingstonians, anteriormente conhecidos como The Apostles, foi formado em torno de 1966 por Jackie Bernard e seu irmão Footy, junto com o amigo Lloyd Kerr, em Kingston (Jamaica). Começaram sua carreira com o produtor J.J. Johnson, mas tiveram seu grande sucesso entre 1968 e 1970 com o produtor  Derrick Harriott, que ajudou o trio com os clássicos “Singer Man” e ” Sufferer”, que chegaram no top das paradas jamaicanas, sendo essa segunda que da titulo ao disco lançado por Harriott em 1970, e permanece um exemplo maravilhoso do Rocksteady no ponto passando para o nascimento do Early Reggae. Aqui temos temas como Your Love, Hold Down, I’ll Be Around, Winey Winey, The Clip, Rumble Rumble… entre outros, que fazem desse disco uma verdadeira perola. O álbum gravado no estúdio Dynamic Sounds em Kingston, foi o ponto máximo da carreira para o Kingstonians, que deixaram Harriott para trabalhar momentaneamente com os produtores Leslie Kong e Rupie Edwards, enquanto se iniciava a era do Reggae Roots. Também tiveram diversas músicas lançadas em coletâneas da Trojan, Tighten Up e outros selos!

Musicas:
01. Your Love
02. Singer Man
03. Sufferer
04. Hold Down
05. I´ll be around
06. Winey Winey
07. The Clip
08. Rumble Ruble
09. Come we go Moonwalk
10. Complicated Scene
11. Easy ride reggae
12. Nice nice

Download

The Best Desmond Dekker – The Original Rude Boy (1997)

Posted in Coletâneas, Early Reggae, Reggae, Rude Boy, Ska with tags , , , , , , , on 10/07/2014 by andremod

CAPADesmond Dekker: nome artístico de Desmond Adolphus Dacres, que nasceu na cidade de Kingston (Jamaica) em 16 de julho de 1941, foi o primeiro artista jamaicano a ser considerado uma lenda do reggae, seu sucesso foi tanto que foi até mencionado em musicas de outros artistas como os Beatles na música “Ob-La-Di, Ob-La-Da”, Rancid na música “Roots Radicals”, Frank Black na música “Parry the Wind High Low”, entre outros. Dekker perdeu os pais muito cedo, e acabou virando soldado, nessa época, encorajado pelos amigos começou a cantar, participando de uma audição no lendário Studio One de Coxsone Dodd e para o selo Treasure Isle, de Duke Reid, porem sua chance só veio no selo Leslie Kong, junto com Derick Morgan. Com o apoio de Morgan, conseguiu ser contratado, mas não pode gravar até 1963, pois Leslie Kong estava esperando Desmond achar a música perfeita. E foi com a música “Honour Your Father and Mother” que isso aconteceu. A música se tornou sucesso e em seguida vieram “Sinners Come Home” e “Labour for Learning”. Foi nessa época que Desmond trocou seu sobrenome de Dacres para Dekker. O hit que veio em seguida foi “King of Ska”, que contou com os The Maytals nos backing vocais. Com a música “007 (Shanty Town)”, tornou-se um ícone para os Rude Boys e uma das figuras mais importantes da Cena Mod Britânica. No final dos anos 70, assinou com o Stiff Records, um selo punk ligado ao movimento Two Tone e lá permaneceu de 1980 a 1983. Ainda nos anos 80, assinou um contrato com a Trojan Records, onde teve muitos de seus álbuns relançados. Ao longo dos anos, continuava fazendo inúmeros shows pelo mundo, principalmente pela Europa. Morreu em 25 de maio de 2006 de ataque cardíaco em sua residência em Surrey, na Inglaterra. Foi enterrado no Streatham Vale Cemetery em Londres.

Musicas:
01. 007 (Shanty Town)
02. Big Headed
03. Carry go bring come
04. Get Up Edina
05. Hippopotamus
06. Honour your father and mother
07. Israelites
08. It mek
09. King of ska (version 93)
10. King of ska
11. Mothers Young girl
12. Music like dirt
13. Pickney Gal
14. Rude Boy Train
15. You can get it if you really want
16. Young generation

Download

Roy Ellis – Mr Symarip Especial A Cena (2014)

Posted in Coletâneas, Early Reggae, Especial A Cena, Skinhead with tags , , , , , , , , , , on 14/04/2014 by andremod

22 - CopiaEsse ano de 2014 é muito especial para a cultura jamaicana no Brasil, pois teremos a presença de uma das maiores lendas da musica da ilha em terras “Tupiniskins” (Curitiba e São Paulo), o cantor Roy Ellis! Também conhecido como Mr. Symarip, justamente por ter sido a voz de um dos mais importantes grupos jamaicanos, o Symarip (Pyramids), e assim ter difundido nos anos 60, na Inglaterra, a cultura Reggae para os jovens ingleses, do que ficou conhecido por Skinhead Reggae (Early Reggae). Essa importância remete a algo muito maior que a própria musica, a união de valores culturais, jovens brancos de classe operaria e jovens negros imigrantes unidos por estilos de vida, amizade e respeito, onde o Symarip tinha na musica a sua trilha sonora!

Mail-600x461

Histórico: Roy Ellis nasceu em Kingston (Jamaica) no ano de 1946, e começou sua vida na musica ainda criança, com 10 pyr_bandanos, e de maneira brilhante, como um cantor solo no coro “Children Gospel” da Igreja Batista em Kingston. Na escola ele conhece o futuro cantor Jimmy Cliff, por quem desenvolveu uma forte amizade, e posteriormente o “Rei do Reggae” Bob Marley, que pertencia ao seu círculo de amigos. Em 1966 foi descoberto pelo “Godfather of Ska”, Laurel Aitken, que lhe escreveu duas músicas: “Jesse James rides again” & “Because I Love You”, as duas produzidas pelo próprio Aitken! O grupo Symarip, ou como se chamavam antes, Pyramids, formado em 1969 e que precisou mudar o nome por conta de um “contrato ruim” com sua atual gravadora, a “Presidente Records”, para assim assinar com a Trojan. Antes mesmo do Pyramids, eles tiveram outros nomes como: The Bees (foto a cima) e Seven Letters!

pYramIDs – sYmarIp  (mudança retirando a letra “D” e invertendo o nome e as letras “Y” e “I”)

pyramids

Antes da fama eles fizeram alguns trabalhos com o cantor Prince Buster, ganhando já alguma notoriedade, ao mesmo symarip-skinhead-moon-stomp-treasure-isletempo que já lançavam o single de “Skinhead Moonstomp” (alusão ao ano de 1969, quando o homem pisou na lua e o jeito de dançar dos jovens ingleses, como se estivem andando na lua), e no ano seguinte (1970) lançam o disco homônimo (destaque na foto) que lhes garantiu enorme sucesso sendo um dos mais bem sucedidos e vendidos pela gravadora Trojan, uma referencia entre os jovens trabalhadores ingleses e os imigrantes jamaicanos, como o primeiro álbum dedicado integralmente ao gênero “Skinhead Reggae” (Early Reggae). Mas mesmo com todo o sucesso do disco a banda não chegou a fazer carreira, e um pouco depois acabou finalizando symarip-skinhead-moonstomp-trojanseus trabalhos e só voltariam a se unir na virada do milênio, para comemorar os 35 anos da banda, e lançando um trabalho ao vivo (download no fim do post). O disco Skinhead Moonstomp foi atualmente relançando numa edição 180 gramas com encarte com historio da banda e dos singles, que pode ser encontrado para compra no Mercado Livre – Aqui

Aqui o único registro da banda no “Reggae Wembley Festival” em 1970, onde participam com a musica “The Revenge Of Clint Eastwood“:

Symarip (Pyramids) – The Revenge Of Clint Eastwood (Youtube)
Reggae Wembley Festival – 1970 (integra – Youtube)

Após seu tempo no Symarip, o cantor Roy Ellis começa em 1971 sua carreira solo, e com uma composição para o filme com 4033037o ator Sidney Poitier (Warm DecemberTrailer), a musica é “See you later, and To father“, assim como uma apresentação no próprio filme, com sua então banda de apoio, a Zubaba (veja aqui cenas do filme)! Na Europa sua fama com as antigas sonoridades do Reggae não vigaram muito, o que fez ele mudar de som se engajado nos ritmos do soul, funk e afro rock, o que lhe garantiu o titulo de novo James Brown/Barry White. Em 1973 eles retomam o nome “Pyramids”, viajam para a Suíça e Áustria, agora como uma “banda de baile” e em 1978 vão para Munique (Alemanha). Em 1980 Roy Ellis recebe um telefonema de Londres da Trojan Records, que estavam precisando do Symarip, e que existia uma campanha nas rádios e canais de tv para encontra-lós, tudo por conta da gravação da banda “The Specials” da musicaSkinhead Moonstomp” (youtube) e que tinha chegado no 1º lugar das paradas inglesas, porem isso seria impossibilitado por conta do vários contratos assinados com clubes da Europa, e tudo isso foi até22 - Copia (2) 1988 quando todos tomariam rumos diferentes onde o cantor Roy Ellis voltou para a Suíça e se casaria, no mesmo ano ele decidi voltar a carreira solo, cantando músicas evangélicas na igreja com uma banda de Soul, Blues, Ska e Reggae. Essa carreira teria uma duração até novembro de 2003, onde seria redescoberto pelos djs da “Rude Attack”, que no momento estava morando na Suíça, e apartir deles Roy Ellis ganha uma nova banda, o “Kalles Kaviar”. E assim o Mr. Symarip voltaria as suas raízes do Skinhead Reggae, fazendo muitos shows e gravando novos trabalhos com outros grupos e até com nomes renomados do cenário internacional como Celin Dion , Tina Turner e Phil Collins!

Abaixo segue a discografia do musico Roy Ellis, com todos os discos em um único link no fim do post para download

Discografia:
1969. Skinhead Moonstomp (Symarip)
CAPA01. Skinhead Moonstomp
02. Phoenix City
03. Skinhead Girl
04. Try me best
05. Skinhead Jamboree
06. Chicken Merry
07. These boots are made for walking
08. Must catch a train
09. Skin Flint
10. Stay with him
11. Fung Shu
12. You´re mine
13. Bam bam baji
14. Hold him Joe
15. Tomorrow at Sunrise
16. Parsons Corner
17. Redeem
18. La bella Jig
19. Holidays by the sea
20. Fell alright

2004. The Best of Symarip – The Pyramids – Seven Letter
CAPA01. Symarip – Skinhead Moonstomp
02. Pyramids – Geronimo
03. Symarip – Skinhead Jamboree
04. Pyramids – Stingo
05. Symarip – I’m A Puppet
06. Pyramids – To Sir With Love
07. Seven Letters – Flour Dumpling
08. Pyramids – Telstar
09. Symarip – Skinhead Girl
10. Pyramids – Mosquito Bite
11. Seven Letters – The Fit
12. Pyramids – Feel Alright
13. Symarip – Parson’s Corner
14.. Pyramids – Can’t Leave Now
15. Symarip – Phoenix City
16. Pyramids – Reggae Shuffle
17. Seven Letters – There Goes My Heart
18. Pyramids – All For You
19. Symarip – La Bella Jig
20. Seven Letters – Bam Bam Baji
21. Pyramids – Stay With Him
22. Symarip – Fung Shu
23. Pyramids – Teardrops
24. Symarip – Must Catch A Train
25. Symarip – Back From The Moon

2007. The Skinheads Dem A Come (Roy Ellis)
CAPA01. Wang Yu
02. The Skinheads dem a come
03. Come on and dance with me
04. I was busted
05. Hong in a mi minty
06. I´m gonna knock, I´m gonna knock
07. Say when, say when
08. I don´t want I don´t need you anymore
09. The Skinheads them crash the moon
10. I´m talking about love
11. Take it as it come
12. Sugar dumpline
13. My caravana queen
14. Eastern star

2008. Moonstompin’ At Club Ska (Roy Ellis & Symarip)
CAPA01. Back To The Moon
02. Rukombine
03. Chicken Merry
04. Skinhead Girl
05. I’m Outnumbered
06. Stay With Him
07. Drunk And Disorderly
08. Laurels For Laurel
09. Club Ska Dub
10. Must Catch A Train
11. Try My Best
12. Enjoy Yourself
13. Mosquito Bite
14. Dancing Mood
15. Boots Were Made For Walking
16. Banana
17. Sufferer
18. Skinhead Moonstomp

2009. Let me take you Higher (Roy Ellis & The Teenagers – EP)
01. Let me take you Higher
02. The Sweetest rumour

2011. The Boss Is Back (Roy Ellis)
CAPA01. One way ticket to the moon
02. The boss is back
03. The skinheads laught at me
04. Everyday you got me crying
05. I won´t let go your love
06. The incredible things you do
07. She call me up
08. The rose
09. Skinhead Johny & Susy
10. She surely pick me up
11. I´ve got the music
12. What a nice time

2012. You can´t leave now (Roy Ellis & Transilvanians – EP)
01. You can´t leave now
02. Stay with him

Download

V.A. – Haunted House – The Skinhead Sevens Box Set (2006)

Posted in Coletâneas, Early Reggae, Skinhead with tags , , , , , , on 14/02/2014 by andremod

cEis aqui uma das melhoras coleções lançadas pela Trojan Recods, com clássicos e raridades lançadas em 45 rpm, num box luxo disputados por amantes da musica do mundo todo. Aqui o melhor do Skinhead Reggae, com hinos do década de 70 da “Golden Age of Skins“, de selos subsidiários da Trojan: Joe, Duke Records, Grape, Randys, Hot Rod… entre outros! Indispensável!

Musica:
Disco 1
Lado 1: Tea House – The Opening
Lado 2: Pama Dice – Brixton Fight
Disco 2
Lado 1: Haunted House – The Upsetters
Lado 2: Double Wheel – The Upsetters
Disco 3
Lado 1: Skinheads A Bash Them – Claudette
Lado 2: Walking Thru Jerusalem – The Corporation
Disco 4
Lado 1: Black Panther – Sir Collins & The Black Diamonds
Lado 2: I Want To Be Loved – Sir Collins & The Black Diamonds
Disco 5
Lado 1: Skinhead Revolt – Joe The Boss
Lado 2: Tony B’s Theme – Joe’s All Stars
Disco 6
Lado 1: Skinhead A Message To You – Desmond Riley
Lado 2 : Going Strong – The Music Doctors
Disco 7
Lado 1: Kick Me Or I’ll Kick You – The Cimarons
Lado 2: Grandfather Clock – The Cimarons
Disco 8
Lado 1: A. Bronco (aka Django Shoots First) – Lord Comic & The Upsetters
Lado 2: Uncle Desmond – The Mellotones

Download

FOTO

V.A. – Black Scorcha Compilation (2011)

Posted in Coletâneas, Early Reggae, Skinhead with tags , , , , , , , on 10/12/2013 by andremod

CAPAPara alguns sorte, para outros azar.
Sabotador do marasmo, o gato preto não combina com tempo bom. Ele prefere viver na escuridão da noite, caminhando solitário pelas ruas de paralelepípedo estreitas da cidade mais cinza. É nesse ambiente que ele se sente bem.

1969 foi o ano que ele escolheu.
A sabedoria do gato preto está no seu olhar vetusto e intimista que remete a muitos anos de  historia. Mais de dez mil vozes pertubaram o som do seu silêncio como leves gotas de chuva que caiam e ecoavam dentro do fundo poço onde ele adormecia.

Lisérgico, violento e sujo. O gato preto continua até hoje pisoteando as teclas do hammond que borbulham a cavalgada dos sentimento mais profundos. O instrumental alcança o lado obscuro que as palavras não conseguem expressar. A caminhada para o abismo é iluminada pela única luz que o gato consegue reconhecer, o clarão da lua.

Esse coletânea abençoada pelo felino traz o lado B do Skinhead Reggae, faixas que buscam a perturbação mental. São as produções esquecidas de alguns maestros jamaicanos que vão de Lloyd Charmers & Jackie Mittoo à Derrick Harriott & Lee Perry. É uma viagem de uma hora pelos delírios do gato preto.
Prepare sua mente, é hora do chá!  (texto You and Me on a Jamboree)

Musicas:
01. Jackie Mittoo – 30-60-90
02. Big L – Music Box
03. GG All Stars – Brababus
04. Derrick Harriott – Riding For A Fall
05. Beverley’s All Stars – Be Yours
06. St. Andrew’s Girls Choir – Sound Of Silence
07. Tyrone Evans – If This World Were Mine
08. Al Barry & The Cimarons – Morning Sun
09. The Hammers – Someday
10. The Mohawks – And I Love Her
11. Lloyd Charmers & The Hippy Boys – African Zulu
12. The Upsetters – Vampire
13. Impact All Stars – End Dust
14. Seven Letters – Equality
15. Itals – Chatty Chatty
16. Soul Sam – Light My Fire
17. Jerry Lewis – Still Waters
18. Organ D – Hot Call
19. Lloyd Charmers – Ling Tong Ting

Download (musicas no formato WAV)