Archive for the Jovem Guarda Category

V.A. – Femme Fatale Vol. 03 (Coletânea Especial A Cena 2015)

Posted in Bossa Grooves, Bossa Nova, Coletâneas, Coletâneas A Cena, Jovem Guarda, R&B, Reggae, Samba Rock, Soul with tags , , , , , , , , , , , on 20/03/2015 by andremod

CAPADepois de um bom tempo sem postar um compilação especial, voltamos com todo o gás e com as vozes femininas mais belas e pesadas da musica, passando do R&B ao Rock, da Bossa Nova ao Samba Rock, aqui ninguém fica de fora, todas tem espaço cativo e o trabalho reconhecido. Destaque fica para a musica que abre o disco, “You Can’t Love Me”, do grupo “Ann Mason feat. Little Mac & The Big Boss Sounds”, uma versão muito interessante da musica “In the Midnight Hour” do mestre Wilson Pickett, outro destaque fica para a jovem guardista “Nossas botas foram feitas para andar”, versão brazuca da musica “These Boots Are Made for Walkin”, da cantora Nancy Sinatra, aqui na voz da cantora Sonny Delane. No mais é baixar e dançar:

Musicas:
01. Ann Mason feat. Little Mac & The Big Boss Sounds – You can´t love me
02. Astrud Gilberto – All I´ve got
03. Betty Padge – My eyes adored
04. Charlotte Leslie – Les filles c´est fait (Pour faire l´amour)
05. Dora Hall – Satisfaction
06. Ella Fitzgerald – Sunshine of you love
07. Etta James I´d rather go blind
08. Exorcistas, As – Hey Hey
09. Gail Ganley – Runaway
10. Gal Costa – Não Identificado
11. Heidi Bruhl – Berlin
12. Hortense Ellis – Woman of the ghetto
13. Jocelyne – La La La La La
14. Joyce Bond – Do the teasy
15. Lady Zu – A noite vai chegar
16. Martha Velez – Tell Mama
17. Nina Simone – Save me
18. Quarteto em Cy – Laia Ladaia (Reza)
19. Sonny Delane – Nossas botas foram feitas para andar
20. Vicki Sue Robinson – Turn the beat around

Download

Renato e Seus Blue Caps – Clássicos e Raridades Vol.01 (Especial A Cena 2015)

Posted in Brazilian Nuggets, Coletâneas, Coletâneas A Cena, Jovem Guarda with tags , , , , , , , , on 12/01/2015 by andremod

CAPAPara homenagear o musico Carlinhos Blue Cap, que faleceu no inicio deste ano, o blog fez esse coletânea especial com alguns clássicos e raridades da banda “Renato e Seus Blue Caps“. Aqui temos musicas de todas as fases do grupo, desde a jovem guarda até os anos 70 e 80, com destaque para as raridades como as musicas “The Peppermint Twist” com a voz do cantor Reynaldo Rayol (irmão de Agnaldo Rayol) e “Oh Magali” na voz de Tony Billy, que posteriormente seria baterista da banda em questão. Aqui também podemos destacar musicas do compacto lançado por Carlinhos em 1969 com as musicas “Amor Interrogação” e “No domingo que vem”, de composição da cantora Elisabeth. São no total de 40 canções, mas tem muito mais, no futuro um 2º volume deve pintar por aqui, aguardem, por enquanto bom divertimento:

Musicas:
01. Não posso me controlar
02. Menina feia
03. Quando a cidade dorme
04. Meu primeiro amor
05. Ana
06. The Peppermint Twist
07. Dona do meu coração
08. Negro gato
09. A primeira lagrima
10. Vivo só
11. Darling, Darling
12. Não te esquecerei
13. A garota que eu quero
14. Esqueça e perdoe
15. Só por causa de você
16. Perdi você
17. Guarde o seu amor pra mim
18. Pra quem você olha
19. Izabela
20. Como há 10 anos atrás
21. Oh Magali
22. A irmã do meu melhor amigo
23. Obrigado pela atenção
24. Não me diga adeus
25. Gosto de você
26. Se eu sou feliz, porque estou chorando
27. Até o fim
28. Não quero ver você chorar
29. To sozinho
30. Se você soubesse
31. Onde este (Delta Queen)
32. Como um sonho
33. Menina linda
34. Meu bem não me quer
35. Feche os olhos
36. Cha la la Marisa
37. Eu quero dançar contigo
38. Nega, neguinha
39. Amor interrogação (Carlinhos Blue Cap)
40. No domingo que vem (Carlinhos Blue Cap)

Download

R.I.P. – Carlinhos (Renato e Seus Blue Caps)

Posted in Jovem Guarda, RIP with tags , , , on 06/01/2015 by andremod

10371381_1517245091886694_7753157664249657065_nFaleceu no ultimo sábado (03-01), no Rio de Janeiro, o musico Carlos Alberto da Costa Vieira, conhecido como Carlinhos, que fez parte da formação clássica de Renato e Seus Blue Caps, de ficou no grupo de 1964 a 1968. Foi co-autor de dois sucessos do grupo: “Não Me Diga Adeus” (com Paulo Cézar Barros) e “Lar Doce Lar” (com Renato), Carlinhos_compactoambos no LP de 1967. Em 1969, Carlinhos lançou um compacto simples (destaque na foto) pelo selo Caravelle, com as músicas “Amor Interrogação”, de sua autoria, e “No domingo que vem”, de Elizabeth. Depois disso, somente no ano 2000 retornaria com o CD “De Volta ao Sucesso”, onde adotou o nome artístico de Carlinhos Blue Caps. Ali, regravou “Lar Doce Lar” e “Não Me Diga Adeus”, além de incluir mais oito músicas inéditas. Em 2009, surgiu nas redes sociais a informação de que estava sendo planejado um show com a formação clássica de Renato e Seus Blue Caps. Infelizmente, era apenas uma ideia que vinha sendo articulada por terceiros. Alguns músicos foram abordados, mas o principal, Renato, nem estava sabendo. Quando tomou conhecimento, divulgou um desmentido bastante contundente, visivelmente irritado com o anúncio não autorizado de uma notícia envolvendo o seu grupo. Nos últimos anos, Carlinhos Blue Caps estava postando uma série de vídeos no YouTube sob o título “O amigo de vocês”. Discorria de forma genérica sobre a vida, religião e autoajuda.

Repostagem – Os Incríveis Incríveis (Coletanea Especial A Cena – 2013)

Posted in Coletâneas, Coletâneas A Cena, Jovem Guarda, Repostagem with tags , , , , , , , , on 04/09/2014 by andremod

INCRIVEISA pedidos fiz a repostagem da coletânea especial, Os Incríveis Incríveis, organizada em 2013 pelo blog! Quem tiver interesse em outros arquivos expirados, faça sua solicitação que com o tempo estaremos subindo novamente aqui no blog, abraSoul!

Os Incríveis Incríveis (Coletanea Especial A Cena – 2013)

Os Vips e a Jovem Guarda (Coletânea Especial A Cena – 2014)

Posted in Coletâneas, Jovem Guarda with tags , , , , , , , on 05/02/2014 by andremod

CAPAOs Vips foi uma dupla vocal brasileira, formada por Ronaldo Luís Antonucci e Márcio Augusto Antonucci. No início da carreira, cantavam sozinhos, sob os images8us3tu8znomes, Ronald Red e Jett Williams, mas, no programa de TV ‘Festival dos Bairros’, em 1964, resolveram cantar em dupla. Palmeira e Alfredo Corletto, produtores da gravadora Continental, assistiam ao programa, e os contrataram. A primeira gravação da dupla, em 1964, foi ‘Tonight’, composição deles com letra em inglês, incluída no LP da Record ‘Reino da juventude’, reunindo artistas participantes do programa homônimo, apresentado por Antônio Aguilar. O nome da dupla foi escolhido por causa do filme The Vips (1963 – destaque na foto), com Richard Burton e Elizabeth Taylor, que chegou no Brasil com o nome “Gente Muito Importante“. A dupla teve vários sucessos, na grande maioria, composições de Roberto Carlos: ‘A volta’ (1966); ‘Emoção’ (1965); ‘Faça alguma coisa pelo nosso amor’ e, após a mudança para a CBS em 1968, as músicas também de Roberto: ‘É preciso saber viver’ (1968) e ‘Largo tudo e venho te buscar’. Gravaram uma série de versões dos Beatles, como ‘Menina Linda’ (I Should Have Known Better), ‘Coisas Que Acontecem’ (Things We os-vips-compacto-afinal-chegou-rostinho-triste_MLB-O-184041759_5492Said Today), ‘Obrigado, Garota’ (Thank You Girl), ‘Michelle’ e ‘Submarino Amarelo’. Em 1968, o programa Jovem Guarda foi cancelado pela TV Record, Márcio acabou se mudando para o Rio de Janeiro, para trabalhar na Som Livre, enquanto Ronaldo permaneceu em Santana, para montar negócios com o dinheiro ganho pela dupla. O primeiro empreendimento foi o “Vip’s Burguer”, de 1968, em Santana. O “Vip’s Burguer” virou rede, com uma filial aberta na Alameda Jaú, nos Jardins, e outra em Atibaia. Em 1969, teve início o “Vip’s Buffet”, na Avenida Nove de Julho. O bufê e as lanchonetes foram vendidos, posteriormente. Em 1970, voltaram à Continental e, sob o nome artístico ‘Márcio e Ronaldo’, gravaram sucessos, como ‘Só até sábado’ (de Lilían Knapp). Em 1976, a dupla se separou e Márcio se tornou produtor da gravadora ‘Som Livre’. Em 1990, um retorno da Jovem Guarda lotou o Asa Branca no Rio de Janeiro. Reunidos, gravaram um LP ao vivo pela Som Livre (‘A volta’, lançado em janeiro de 1991, que vendeu 300 mil cópias). Em 1995, foi lançado um CD quíntuplo, com 29 artistas capitaneados pelos Vips, para comemorar os 30 anos do movimento, e vendeu 3 milhões de cópias .

Na manhã do dia 20 de janeiro de 2014, Márcio Augusto, internado há alguns dias por conta de uma pneumonia, faleceu em um hospital em Angra dos Reis, depois de sofrer uma infecção generalizada, aos 68 anos.

Musicas:
01. A volta
02. Afinal chegou
03. Aline
04. Beijos para amar
05. Coisas que acontecem
06. É preciso saber viver
07. Encontrei um novo amor
08. Eu, Ela e a gatinha
09. Faça alguma coisa pelo nosso amor
10. Largo tudo e venho te buscar
11. Longe tão perto
12. Menina linda
13. Michelle
14. Ninguem te amou como eu lhe amei
15. Obrigado garota
16. Procurando
17. Que bobo fui
18. Quem sou
19. Rostinho triste
20. Sonhando
21. Tiro e queda

Download

R.I.P. – Márcio (Os Vips)

Posted in Jovem Guarda, RIP with tags , , , on 24/01/2014 by andremod

marcioFaleceu na ultima segunda-feira (20/01) o cantor Márcio Augusto Antonucci, da dupla Os Vips. O músico já estava internado em um hospital de Angra dos Reis (RJ) por causa de uma pneumonia quando o quadro se agravou para uma infecção generalizada. Informações sobre velório e enterro ainda não foram divulgadas. Seu filho, Bruno, publicou uma mensagem em suas redes sociais. “É com muito pesar que informo que o meu pai, ídolo e amigo nos deixou hoje pela manhã. Como disse nos últimos dias o quadro dele estava estável, porem hoje esse quadro mudou. Quando estivermos mais conformados com a situação poderemos tentar esclarecer o que houve. Darei assim que puder as informações onde acontecerá o velório que vai ser no Rio de Janeiro. Peço a todos que respeitem esse momento pelo qual toda a família esta passando, entendo que meu Pai foi um ídolo, um “muso” para muitos, mas peço a compreensão de todos. Eu amo e sempre vou te amar. Meu Pai foi a minha inspiração para ser o melhor homem que eu posso ser”, escreveu. O funeral aconteceu na quarta-feira (22), no Memorial do Carmo (na avenida Monsenhor Manuel Gomes, 287), no bairro Caju (Rio de Janeiro)

Márcio Antonucci formou a dupla Os Vips, junto com seu irmão Ronald Luís Antonucci. Além de cantor & foi produtor musical.

Repostagens – Varias (2013)

Posted in Bossa Grooves, Coletâneas, Coletâneas A Cena, Instrumental, Jovem Guarda, Pré Jovem Guarda, Repostagem, Samba, Samba Rock with tags , , , , , , , , , , , , , , on 01/05/2013 by andremod

5396234875_a09469a1b8A muito tempo estava prometendo algumas boas Repostagens de links expirados, que muitos frequentadores do blog me cobravam – Aproveitando o feriado morto, resolvi subir esses arquivos para o deleite de quem vai ficar em casa descansando, no mais desculpem a demora dos seus pedidos! Continuem acompanhado o blog, dando dicas, criticando e fazendo esses pedidos! AbraSoul!

The Jordans – Classicos & Raridades (Especial A Cena – 2012)
V.A. – Soul Braza – Brazilian 60’s & 70’s Soul Psych Vol.1 (2011)
V.A. – Soul of Brazil – Funk, Soul & Bossa Grooves 65-77 (2004)
V.A. – Black Rio / Brazil Soul Power / Original Samba Soul 1971-1980 (2002)