Archive for the Moda Category

Balcão de Anúncios – Trece Shop

Posted in Balcão de Anúncios, Moda with tags , , , on 31/08/2014 by andremod

10568902_295948110576758_3023170771626585948_nTrece Shop: Loja virtual brasileira criada no inicio deste ano, que oferece aos seus clientes um material próprio e de qualidade, de camisetas com estampas exclusivas ligadas a cultura jamaicana e cultura de rua (Mod / Rude Boy / Skinhead), cds de street punk/oi!, ska, new wave… entre outros! Além de tudo ainda tem um bazar pra quem gostar de garimpar outros tipos de roupas e acessórios!

Interessados podem acessar os seguintes links: Facebook / Site
Contato: treceshop@treceshop.com.br (de segunda a sexta: das 10h as 17h30)
1964930_248127042025532_76624306_n

Balcão de Anúncios – Revival / Bolsas, Scooters & Arte (Curitiba)

Posted in Balcão de Anúncios, Moda with tags , , , on 24/06/2014 by andremod

10487334_332514560235706_8837467184817549736_nQuem gosta de arte, moda e cultura sixtie, tem uma ótima opção para comprar produtos de qualidade sem sair de casa, e o melhor, feitos no Brasil, mais precisamente na cidade Curitiba: a loja virtual “Revival / Bolsas, Scooters & Arte” é especializado em bolsas com temáticas vintage como musica e scooters, além quadros para decoração com os mesmos temas! Ótimo pra quem gosta ou quer presentiar, interessados podem ver os produtos e entrar em contato pela pagina do facebook (AQUI) boas compras!

Coletivo Cwblacks no Urbano Bazar (2014)

Posted in Disco, Evento, Moda, Vinil with tags , , , , , , , on 04/06/2014 by andremod

1525118_810225415654239_7894189468969754075_nAcontece neste sábado (07/06) a 9ª edição do Urbano Bazar no Espaço Cult (Largo da Ordem), um evento que já se tornou tradicional na cidade, por levar ao publico roupas e acessórios de novos valores e pequenas empresas, também se destaca para a venda de discos e uma discotecagem ambiente finíssima, sempre com convidados de alta classe! Neste evento o Coletivo Cwblacks vai tocar seus tunes neste sábado (07 de junho) apartir das 13h, estão todos convidados! O evento também acontece no domingo (08 de junho) com entrada FREE nos dois dias!

Mais informações no EVENTO

Fotografia – Wattstyle (Life Magazine / 1966)

Posted in Fotografia, Moda, Revistas with tags , , , , on 13/02/2014 by andremod

1536503_190106927854360_385528386_nA edição de julho de 1966 da Life Magazine tem como tema principal o clima pós-tumultos no bairro Watts, localizado em Los blurb200-4226964fe8e42aea7a5f462bffd60e4b3c60161d-s3-c85Angeles, nos Estados Unidos. Os tumultos começaram quando um policial resolveu prender Marquette Frye (destaque na foto ao lado), um jovem negro que, segundo ele, estava dirigindo embriagado. Após pedir ajuda de outras unidades, os policiais presentes começaram a usar a violência para prender Marquette. Sua mãe, irmão e vizinhos entraram no meio da confusão. Conforme a confusão aumentava, crescia o número de pessoas assistindo ao espetáculo de violência. Era época de luta intensa pelos direitos civis, a população negra estava cansada da violência e outros abusos cometidos pelos policiais e outras autoridades. A revolta tomou conta do bairro. Os tumultos duraram quatro dias e causaram um prejuízo de mais de 40 milhões de dólares. Essa edição da revista é recheada de ótimas fotos, armas em punho, coquetéis molotov e crianças em fila, aprendendo sobre o black power. Uma das coisas mais interessante nessas fotos é o estilo dos protagonistas. A forma de se vestir é incomum, mesmo para a época, e revela forte influência do estilo da Ivy League, adaptada à realidade e estilo de vida dos jovens negros de Watts. Os ingleses fizeram algo parecido ao incorporar influências da estética da Ivy League à sua realidade, ajudando a construir a cultura Mod. Alguns músicos de jazz também adotaram o estilo, mas não conseguiram interpretar e adaptar tão bem como essa turma de Watts.

watts-1966

Analisando de forma mais crítica, percebi que essas fotos são verdadeiros diamantes. Em alguns anos de interesse pelo assunto, nunca vi fotos pessoas da época que se vestiam de um jeito parecido. Parece que um momento único foi captado através da câmera do fotógrafo. A forma de combinar as peças estava muito a frente do ano em que as fotos foram tiradas. O comprimento das calças (Bem acima dos tornozelos), as barras dobradas e os chapéus pork pie revelam uma provável influência jamaicana. Óculos estilo wayfarer e clubmaster. Camisas button-down de xadrez gingham. Camisa de bolinha. Camisa xadrez de flanela. Jaquetas estilo golf. A extraordinária presença de uma jaqueta bomber azul. Blazer e polo de mangas compridas. Chunky cardigan de gola shawl. Cardigan verde e cinza por cima de uma camisa xadrez. Cardigan preto por cima de uma camiseta. Moletom amarelo com estampa do Malcolm X. Calças jeans de barra dobrada. Chinos curtas em várias cores. Nos pés, os derbies pretos dominaram. Mesmo assim, alguns estão usando chukkas e tênis. As meias pretas também dominam, mas um dos caras mais estilosos usa meias vermelhas, também incomum para a época (Algo que só foi se popularizar na primeira metade da década de 1970). Os cabelos iam dos rapados (Também muito curtos para a época) aos hi-tops e topetes das mais variadas formas. Quem olha algumas dessas fotos poderia até pensar que estes jovens eram da geração de rude boys surgidas após a segunda onda do ska, na Inglaterra, no final da década de 1970. Anos em que as roupas típicas dos rude boys, mods e skinheads se misturavam e ninguém ligava. Um raro momento que, mesmo tendo sido captado num momento de tensão, nos traz muitas coisas boas. As fotos estão nos tamanhos originais, então, ao clicar, você vai conseguir apreciar os detalhes cada uma delas. O estilo destes jovens de Watts continua relevante e fazendo muito sentido nos dias de hoje. (texto Jun Alcantara)

Fotos: 6f84f2224e56a442_large 818620c619ec3926_large c2d55496f2acf91d_large 7389d13c0ee27e6d_large 65866b058a59336e_large f4ef719b340e1875_large 184abcf9f1c47a2d_large a71187ea38d062ca_large dcbd127b498dc6a2_large 420000_129704633894590_660709363_n watts-1966-5 watts-1966-7 watts-1966-3 watts-1966-6 watts-1966-10 watts-1966-12 watts-1966-11 watts-1966-2 watts-1966-4 watts-1966-8 watts-1966-9

Urbano Bazar – 6ª Edição (Espaço Cult – 2013)

Posted in Evento, Moda, Vinil with tags , , , , , , , , , , on 09/12/2013 by andremod

1471191_1484025408489368_1654185949_nAcontece no próximo fim de semana a 6ª edição do “Urbano Bazar” (Facebook), no Espaço Cult (Rua Doutor Claudino dos Santos, 72 – Largo da Ordem / em frente ao bar do Alemão) que vai contar com 20 expositores de diversos produtos, desde roupas, acessórios, itens de decoração, livros, discos e muito mais! Serão 3 dias, apartir da próxima sexta (13/12) até domingo (15/12), é uma ótima oportunidade para fazer compras de fim de ano e garantir aquele presente para as festas, e claro conhecer produtos e trabalhos de qualidade, além disso vai rolar muita musica boa, com djs convidados: Caê Traven, Luis Cilho & Coletivo Cwblacks!

Que quiser garantir um espaço no bazar, para expor seus produtos é só entrar em contato pelo:  urbano.bazar@gmail.com

Lembrando os amigos do Coletivo Cwblacks, que iremos discotecar no sábado (14/12), apartir das 13h, mais informações no Evento/Facebook1450964_640597589315077_1973813460_n

Catherine McNeil (Vogue Paris – 2013)

Posted in Fotografia, Mod, Moda, Modelos, Revistas with tags , , , , , , on 26/09/2013 by andremod

catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-3Neste editorial da “Vogue Paris” (August – 2013), a modelo Catherine McNeil leva a cultura Mod a um aspecto de androginia aos dias de hoje, vestindo como um homem moderno, misturando com peças inspiradas nas mulheres, borrando a linha entre os sexos. Ele transborda o cool e o moderno. Os cortes de cabelo podem ser interpretados por homens e mulheres, as roupas viraram peças unissex, com blazers sob medida ala David Bowie na fase Davy Jones, coisa que anos mais tarde ele faria com propriedade com o Glam Rock, mas de forma mais exagerada!

Photos:catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-1 catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-2 catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-4 catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-5 catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-6 catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-7 catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-8 catherine-mcneil-for-vogue-paris-august-2013-by-claudia-knoepfel-stefan-indlekofer-9

Curiosidades – Boots / Shoes

Posted in Curiosidades, Moda with tags , on 16/06/2013 by andremod

564619_106433229555064_135792970_nUm dos pontos principais e mais importantes nas culturas de rua sempre foi a moda, “o visual”, que agi como um “RG”, uma idenficação dentro de cada cena. Desde as primeiras manifestações jovens, os calçados é sempre o ponto alto para mostrar como é o seu estilo de vida, pra mostrar elegancia ou sua condição social, eles determinam de onde você vem e pra onde vai! Aqui alguns exemplos & dicas, seguido dos historicos de alguns calçados famosos, que ficaram marcados graças a essas culturas:

5555

Docs: Originalmente eram botas de mineiros da NCB (National Coal Board), ou chamadas de “Monkey”, posteriormente as Doc Martens foram oficialmente adotadas, já que as biqueiras metalicas não poderiam ser usadas por estarem naquele momento classificadas como “arma perigosa”. As cores mais procuradas são “cherry red” e preto, apesar que o preto perdeu muito a força depois que esse modelo foi adotado por policiais, outras que tem procura forte é na cor marrom! Praticamente todas a culturas de rua aderiram: Trads, Boot Boys, Oisters, Punks, Skunks e Mods (Revival)

monkey-boots-mod-shoes

Monkey: Tem esse nome por ter a palavra “Monkey” escrita na sola, tem cano baixo (até o tornozelo), ficou muito popular entre os garotos e garotas por ter numerações baixas, e começou a ser utilizada entre os “Hard Mods” (1966) e se seguiu com os Skinheads até meados de 1969!

6666

Bovver Boot: Conhecida como “bota de briga”, coturno com biqueira metalica e foi utilizado pelos primeiros Hooligans (Boot Boys) no inicio dos anos 70! O diferencial fica na altura do cano e na quantidade de furos para o cadarço!

Brogues18_GQ_24mar10_pr_bt_385x385

Brogue: Classico sapato italiano, feito de couro com desenhos pontilhados e ornamentados formando arabescos (que no Brasil virou um sapato da cultura Yuppie), muito comum nas cores pretas, marrom e vinho. Nos EUA são conhecidos como “Condivans” ou “Cordovans”, muito usados por agentes do FBI. No inicio dos anos 70 foi adotado por Suedeheads, Smoothies & Sorts, o que foi um diferencial casual dentro da cultura Skin.

martens-adrian-mens-tassle-leather-loafer-9663-2915_medium

Loafer: Sapatos baixos, sem cadarço, com o detalhe de uma “franjinha” no couro e um “nó” artifical na lingueta, com pinos nas pontas dos cordões. A cor mais popular é preto e ganhou mais força durante a cena “2 Tone”, sendo o “Frank Wright” a marca mais famosa na época. Ganhou o apelido de “Penny Loafers” pelo fato de algumas garotas fixarem uma moeda de “Penny” no sapato, mas algumas fontes dizem que esse apelido era porque o sapato era barato.

2210

Norwegian: Ou sapato de viagem, por ser muito confortavel, feito de couro e ornamentos na parte superior, imitando uma “cesta” ou apenas um envolto no peito do pé. Ficou muito popular entre 1972 e 1973 com os Smoothies & Sorts, a marca mais procurada era “Selatio”.

Free-Shipping-British-Style-font-b-Black-b-font-And-font-b-White-b-font-Color

Oxford: Sapato classico, de couro liso e bico arendondado, geralmente nas cores pretas ou bicolor (preto & branco). Ficou popular entre os primeiros Mods, e depois nos anos 70, durante o movimento “Mod Revival”, tambem com os Skins da cena “2 Tone”.

32A66CBLK_large

Chelsea Boot: Bota de cano alto e bico fino, com elastico lateral ou ziper para melhor ajuste, e foro vermelho ou preto. Ganhou esse nome “Mersey”, por ser usadas pelas bandas do movimento Mersey Beat no inicio dos anos 60, como Beatles, Gerry & The Pacemakers & Freddy and Dreamers. Ficou famosa entre os Mods até meados de 1965, principalmente por conta do “Swinging London”: efervecencia que aconteceu com a moda e o modernismo de costumes em Londres, que atingiu de forma fuminante a economia e as artes.

mod-shoes-ymc-desert-boots

Desert Boot: Sapato de cano alto, geralmente feitos de camurça com solado crepe, mas tambem em couro, ficou popular durante a Segunda Guerra, pelas tropas inglesas britânicas na campanha ocidental do deserto. Virou um sapato classico entre os Mods durante os conflitos em 1964, e voltou com força com o Mod Revival!

1970s-skinheads