Arquivo para R&B

Festa Beat Surrender (92 Graus Pub – 2015)

Posted in 2 Tone, Beat, Evento, Festa, Garage, Mod, Mod Brasil, Mod Revival, R&B, Show, Ska, Soul with tags , , , , , , , , , , , , , , , on 21/06/2015 by andremod

11535793_1590249311252938_3165347327123532396_n (1)A primeira edição da festa Beat Surrender, nasceu para unir estilos musicais britanicos como: Beat, Mod Revival & Ska Two Tone, assim como outros estilos de fora que fizeram a cabeça dos britanicos como Soul, R&B & Garage. Neste ideal chegamos com com a equipe do Coletivo Cwblacks (100% vinil) agitando a pista e aquecendo o palco para o rock e os classicos da Relespública, e um encontro especial da banda King´s Tone, mandando classicos da musica jamaicana e do ska punk dos anos 70. Não tem como ficar de fora, chega:

Onde: 92 Graus The Underground Pub
Endereço: Av. Manoel Ribas, 108
Referencia: proximo ao bar VU – em frente ao prédio da Telepar
Data: 27.06 (sábado)
Inicio: 22h
Entrada: $10 até meia noite, após $15
Evento – Facebook
SALVE 92º – Facebook

Esse evento faz parte da mobilização “SALVE 92º”, que procura ajudar a manter viva a Meca da Musica Independente e Underground do Brasil, que no momento passar por algumas dificuldade que podem levar ao fechamento do espaço onde já abrigou milhares de bandas super importantes e deu oportunidade para outras milhares, por isso esperamos que todos possam comparecer e ajudar, porque toda a renda do evento sera revertida para esta causa. Mas existem outras formas de ajudar, quem quiser mais informações e participar efetivamente pode entrar no grupo de mesmo nome. Aqui vocês vão ver quem está ajudando e como fazer parte desta luta!

R.I.P. – Jack Ely (Kingsmen) | Ben E. King (The Drifters)

Posted in Garage, Northern Soul, R&B, RIP, Surf Music with tags , , , , , , , , on 01/05/2015 by andremod

jackEly-solo-Gino_RossiJack Ely: O líder e vocalista do grupo The Kingsmen, que nos anos 1960 popularizou uma das canções mais marcantes da alvorada do rock, Louie Louie, morreu esta segunda-feira (27/04), soube-se esta terça-feira pela sua família. Tinha 71 anos. Em 1963 quando a canção foi lançada, Jack Ely tinha apenas 20 anos. Originalmente escrita por Richard Berry nos anos 1950, a versão dos Kingsmen tornou-se um êxito à escala mundial. São inúmeras as bandas e artistas que fizeram uma versão da canção,como os Beatles, Clash, Bob Dylan ou Iggy Pop. Como vocalista e guitarrista do grupo, Jack Ely também cantava, naturalmente. O seu estilo tinha qualquer coisa de invulgar, de tal forma que a referida canção se viu envolvida em polémica pelas palavras quase incompreensíveis. A controvérsia terá surgido quando uma jovem do estado do Indiana afirmou que a gravação incluía mensagens obscenas quando tocada nas rotações erradas, levando à sua proibição naquele estado. O então director do FBI, J. Edgar Hoover soube desse facto e mandou averiguar o assunto, embora sem resultados. Posteriormente o FBI comunicou que foram feitas investigações, mas apesar do esforços não haviam conseguido decifrar a letra da canção a partir de qualquer tipo de rotação.

Ben E. King: O cantor de soul e R&B, que ficou famoso por interpretar a canção “Stand by me”, morreu aos 76 anos. As informações são do site da BBC. O assessor do cantor disse ao site do jornal “The Telegraph” que King morreu de causas naturais na quinta-feira (30). O músico Gary U.S. Bonds lamentou a morte no Facebook, dizendo que ele era “uma das mais doces, gentis e talentosas almas que tive o privilégio de conhecer e chamar de meu amigo por mais de 50 anos”. King começou sua carreira no fim da década de 1950 com o grupo The Drifters, cantando hits como “There Goes My Baby” e “Save The Last Dance For Me”. A música “Stand by me” está no álbum “Don’t Play That Song”, lançado em 1962 pela gravadora Atco Records, e foi o que levou Ben E. King ao sucesso da carreira solo. Outros sucessos de Ben E. King são “Spanish Harlem”, “Don’t Play That Song (You Lied)” e “Supernatural Thing – Part I”. A lenda do soul teve seis músicas no top 40 da Billboard americana entre 1961 e 1975. Ele retornou às paradas na década de 1980 por conta da inclusão de “Stand by me” na trilha sonora do filme de mesmo nome de 1986. Em 1999, a gravadora BMC anunciou que “Stand by me”, escrita por King com Jerry Leiber e Mike Stoller, foi a quarta música mais tocada no século 20 na TV e nas rádios dos EUA. No início de 2015, a Biblioteca do Congresso dos EUA adicionou a faixa ao Registro Nacional de Gravações, alegando que “a voz incandescente de King fez da música um clássico”. Em 1998, gravou um álbum infantil intitulado “I Have Songs In My Pocket”, escrito e produzido por Bobby Susser. Em 2007, King apresentou “Stand by me” no programa “Late Show with David Letterman”. Em 2013, ele fez uma turnê pelo Reino Unido, e, no ano passado, se apresentou nos Estados Unidos.

The Best of Percy Sledge (2012)

Posted in Coletâneas, R&B with tags , , , , , on 19/04/2015 by andremod

CAPA

Percy Sledge: nasceu em Leighton (Alabama – EUA) em 25 de novembro de 1941, antes de ser cantor, trabalhou em um hospital, mas foi convidado para uma audição com o produtor Quin Ivy, Sledge obteve um contrato com uma gravadora. Desse contrato gravou o single “When a Man Loves a Woman” e não demorou muito para que a canção se tornasse um hit. Lançado em 1966, o single alcançou o 1º lugar nas paradas americanas e canadenses e ficou em 4º lugar no Reino Unido. A inspiração para a composição da música foi o fim de seu relacionamento um ano antes (sua namorada o deixara para tentar a carreira de modelo). A canção se tornou o marco na carreira de Sledge. Ele alcançaria um certo sucesso ainda com outras composições como Warm and Tender Love, It Tears Me Up, Take Time to Know Her e Cover Me, mas nenhuma dessas canções fez tanto sucesso quanto When a Man Loves a Woman. Sledge voltou a figurar nas paradas de sucesso em meados dos anos 80 quando seu maior hit foi usado num comercial da marca de jeans Levi’s. Em 2005 Percy Sledge foi incluído no Hall da Fama do Rock and Roll. Em maio de 2007, ele foi incluído no Hall da Fama da Música de Louisiana por suas contribuções à música. Seu nome ainda se encontra no Delta Music Museum, em Louisiana. Aqui uma ótima coletânea com alguns de seus sucessos, com destaque para a musica “Dark End of the Stree”, que fez parte da trilha sonora do filme “This is England”!

Musicas:
01. When a man loves a woman
02. It tears me up
03. Take time to know her
04. My special prayer
05. It´s all wrong but it´s allright
06. You´re all around me
07. Dark end of the street
08. Warn & Tender Love
09. Love me tender
10. Out of the left field
11. Come softly to me
12. What am I living for
13. You´re pouring water on a drowning man
14. Just out of reach of my two empty arms
15. Cover me

Download

R.I.P. – Percy Sledge (2015)

Posted in R&B, RIP, Soul with tags , , , on 15/04/2015 by andremod

1035x1401-98862476O cantor americano de soul e R&B, Percy Sledge, famoso por interpretar a canção “When a man loves a woman“, morreu aos 73 anos, segundo o site da BBC. Segundo a ABC News, o cantor estava lutando há vários anos contra um câncer de fígado. Steve Green, da agência de talentos Artists International Management Inc, confirmou à BBC que Sledge morreu em sua casa em Baton Rouge, em Luisiana (EUA), na manhã desta terça-feira (14/04). “Ele era uma pessoa fantástica e você não encontra isso facilmente nesse meio“, disse Green. Nascido em 25 de novembro de 1941, em Leighton, Alabama, Percy Sledge trabalhou como enfermeiro no início da década de 1960, antes de se tornar músico, e integrava o Hall da Fama do Rock and Roll desde 2005. Composta por Calvin Lewis e Andrew Wright em 1966, “When a man loves a woman” foi o single de estreia de Sledge em sua carreira musical. A balada, que dominou as paradas de sucesso por várias semanas, ocupa a 53ª posição da lista das 500 maiores canções de todos os tempos da revista Rolling Stone. Segundo a revista, Sledge havia acabado de perder o emprego e sua namorada na época que gravou o sucesso. “Eu não tinha dinheiro para viver, e não podia fazer nada para reconquistá-la”, lembrou-se em uma ocasião. Ele improvisou a melodia e a letra antes de dar crédito a seus colegas do pequeno grupo ao qual pertencia e que o ajudou nos arranjos da música. Em 1991, a canção foi regravada por Michael Bolton. “Warm and tender love”, “It tears me up” e “Take time to know her” são outros sucessos cantados por Sledge.

V.A. – Femme Fatale Vol. 03 (Coletânea Especial A Cena 2015)

Posted in Bossa Grooves, Bossa Nova, Coletâneas, Coletâneas A Cena, Jovem Guarda, R&B, Reggae, Samba Rock, Soul with tags , , , , , , , , , , , on 20/03/2015 by andremod

CAPADepois de um bom tempo sem postar um compilação especial, voltamos com todo o gás e com as vozes femininas mais belas e pesadas da musica, passando do R&B ao Rock, da Bossa Nova ao Samba Rock, aqui ninguém fica de fora, todas tem espaço cativo e o trabalho reconhecido. Destaque fica para a musica que abre o disco, “You Can’t Love Me”, do grupo “Ann Mason feat. Little Mac & The Big Boss Sounds”, uma versão muito interessante da musica “In the Midnight Hour” do mestre Wilson Pickett, outro destaque fica para a jovem guardista “Nossas botas foram feitas para andar”, versão brazuca da musica “These Boots Are Made for Walkin”, da cantora Nancy Sinatra, aqui na voz da cantora Sonny Delane. No mais é baixar e dançar:

Musicas:
01. Ann Mason feat. Little Mac & The Big Boss Sounds – You can´t love me
02. Astrud Gilberto – All I´ve got
03. Betty Padge – My eyes adored
04. Charlotte Leslie – Les filles c´est fait (Pour faire l´amour)
05. Dora Hall – Satisfaction
06. Ella Fitzgerald – Sunshine of you love
07. Etta James I´d rather go blind
08. Exorcistas, As – Hey Hey
09. Gail Ganley – Runaway
10. Gal Costa – Não Identificado
11. Heidi Bruhl – Berlin
12. Hortense Ellis – Woman of the ghetto
13. Jocelyne – La La La La La
14. Joyce Bond – Do the teasy
15. Lady Zu – A noite vai chegar
16. Martha Velez – Tell Mama
17. Nina Simone – Save me
18. Quarteto em Cy – Laia Ladaia (Reza)
19. Sonny Delane – Nossas botas foram feitas para andar
20. Vicki Sue Robinson – Turn the beat around

Download

Sharon Jones and the Dap-Kings – Give the People What They Want (2014)

Posted in Funk, R&B, Soul with tags , , , , , on 19/03/2015 by andremod

CAPAGive the People What They Want: é o sexto álbum de estúdio do grupo de Soul/Funk, Sharon Jones & The Dap-Kings, lançado 2014 pela Daptone Records . O álbum ganhou o titulo de melhor disco de R&B no “57ª Annual Grammy Awards“. Este é o ultimo trabalho do grupo que está em turnê desde o ano passado para divulgação, e agora vem ao Brasil para algumas apresentações. O destaque no disco fica para a musica “Retreat”, que abre o disco e que ganhou um clip animado que pode ser conferido no fim do post:

Musicas:
01. Retreat!
02. Stranger to my happiness
03. We get along
04. You´ll be lonely
05. Now I see
06. Making up and breaking up (and making up and breaking up over again)
07. Get up and get up
08. Long time wrong time
09. People don´t get what they desserve
10. Slow down, love

Download

V.A. – Trojan Motor City Reggae Box Set (2006)

Posted in Coletâneas, Funk, R&B, Reggae, Soul with tags , , , , , , , , , on 16/06/2014 by andremod

CAPAA musica negra americana tem um importante papel no desenvolvimento da música jamaicana. Os primeiros sound systems da ilha tocavam soul, funk, R&B entre outros ritmos negros que marcaram a década de 50 e 60, e claro, a principal referência é a Motown. Aqui temos 3 discos lançados pela gravadora Trojan em 2006 com covers de clássicos dos Temptations, Four Tops, Edwin Starr e vários artistas americanos do soul que passaram pela gravadora de Detroit. Destaque para “Just My Imagination (Running Away With Me)” interpretado por Norman Brown, original dos Temptations com produção de Norman Whitfield, foi um dos singles de maior sucesso do grupo Americano, “(It’s The Way) Nature Planned It, interpretado por Ken Boothe e B.B. Seaton (The Gaylads) e originalmente lançada pelo grupo The Four Tops em 72, “The Girl’s Alright With Me” interpretada por Derrick Harriott, grande apreciador de soul e R&B, produziu e cantou diversos covers de músicas americanas, essa música é original dos Temptations e foi produzida pelo Smokey Robinson e Norman Whitfield em 64, outra canção excelente é a “The Love I Saw In You (Just A Mirage)” interpretada pelo Uniques e originalmente do grupo The Miracles do Smokey Robinson, que também produziu esta música em 67. Mais um box top pra quem gosta de dançar!

Musicas:
Disco 1:
01. You’ve Really Got A Hold On Me – Derrick Harriott
02. Wherever I Lay My Hat (That’s My Home) – Cornell Campbell
03. Further You Look The Less You See – John Holt
04. I Want A Love I Can See – Jackie Edwards
05. The Way You Do The Things You Do – Eric Donaldson
06. The Girl’s Alright With Me – Derrick Harriott
07. Since I Lost You – The Techniques
08. Baby I Need Your Lovin’ – Bob Andy
09. The Tracks Of My Tears – Pat Kelly
10. My Girl Has Gone (When You Were Mine) – Ken Parker
11. Put Yourself In My Place – Ken Lazarus
12. This Old Heart Of Mine – Delroy Wilson
13. My Girl – Slim Smith
14. It’s Growing – Martin Riley
15. Since I Lost My Baby – Bob Andy
16. Don’t Look Back – Busty Brown
17. I Can’t Help Myself – Delroy Wilson

Disco 2:
01. It’s The Same Old Song – Delroy Wilson
02. Born To Love You – The Heptones
03. Everybody Needs Love – Delroy Wilson
04. Ain’t That Peculiar – Delroy Wilson
05. My World Is Empty Without You – The Heptones
06.  A Place In The Sun – Slim Smith
07. Get Ready – Delroy Wilson
08. Gonna Give Her All The Love I’ve Got – Pat Kelly
09. The Love I Saw In You (Just A Mirage) – The Uniques
10. The Whole World Is A Stage – Roman Stewart & The Tennors
11. You’re My Everything – The Techniques
12. That’s The Way Love Is – The Uniques
13. You’ve Made Me So Very Happy – Alton Ellis
14. Ain’t Nothing Like The Real Thing – Bob & Marcia
15. I Love You Madly – Busty Brown
16. I Wish It Would Rain – Pat Kelly

Disco 3:
01. For Once In My Life – Slim Smith
02. Don’t Know Why (I Love You) – Desi Young
03. Yesterme Yesteryou Yesterday – John Holt
04. What Does It Take (To Win Your Love) – Alton Ellis
05. Message From A Black Man – Byron Lee & The Dragonaires
06. Slave – Derrick Harriott
07. Ball Of Confusion (That’s What The World Is All About) – Darker Shade Of Black
08. War – Darker Shade Of Black
09. The Onion Song – Bob & Marcia
10. I’ll Be There – Barry Biggs & The Dragonaires
11. God Bless Whoever Sent You – Hopeton Lewis
12. It’s A Shame – Alton Ellis
13. Just My Imagination (Running Away With Me) – Norman Brown
14. It’s The Way Nature Planned It, Part 1 & 2 – Ken Boothe & B.B. Seaton
15. Touch Me In The Morning – John Holt
16. Let’s Get It On – Lloyd Charmers
17. Your Kiss Is Sweet – The Inner Circle

Download